Notícias >> Quartos

Como escolher um bom armário embutido ou planejado?

16 de mai de 2012 | Por: Seu Lar Aqui

Encomendar armários sob medida para os quartos e demais locais da casa, como área de serviço e cozinha, é uma boa solução para quem precisa aproveitar ao máximo o espaço de cada ambiente e para aqueles gostam de mobiliário personalizado.

Dimensionar e quantificar as divisões internas do armário embutido ou planejado é a tarefa principal no projeto do armário.

Independente do espaço onde será instalado, todo armário precisa seguir uma medida padrão de no mínimo 60 cm de profundidade, que é o tamanho necessário para acomodar cabides com ternos robustos, peças que costumam ser as mais largas do guardarroupa.

Se a opção for por armários embutidos ou planejados com portas de correr o padrão de profundidade sobe para 65 cm, para acomodar corretamente os trilhos da porta.

Materiais

O MDF é um dos materiais mais comuns na fabricação das estruturas dos armários planejados, no revestimento e divisórias internas dos embutidos. O compensado também é outra matéria-prima muito usada. Quando revestida com lâminas de madeira tem maior custo do que o MDF branco, por exemplo, que é um produto sintético feito a partir de fibra de madeira. O acabamento e revestimento dos armários também podem ser feitos em laca, que permite que o armário seja finalizado com cores variadas. Como a laca é menos resistente, é recomendável usá-la em armários de menor utilização, como os da sala, por exemplo.

A alvenaria ainda é a opção mais barata e tradicional para a estrutura externa, chamada de nicho, mas também é possível fazer a caixa do armário embutido usando drywall ou painéis de madeira.

Drywall são placas produzidas industrialmente de gesso e revestidas de papel-cartão usadas para construir paredes. Como são finas, no mínimo sete centímetros de espessura, permitem projetar armários com mais espaço interno do que um com nicho de alvenaria com a mesma metragem. Já os painéis de madeira são o tipo de material que demanda mais trabalho do projetista para alcançar o resultado esperado em um embutido. Também é a escolha com maior custo entre as três opções.

Portas, gavetas e compartimentos

Não há regras para determinar como deve ser a divisão interna e o modelo de porta dos armários embutidos e planejados. Tudo vai depender do perfil do cliente. No caso de armários para mulheres por exemplo, é importante verificar se o cabideiro tem altura suficiente para acomodar vestidos longos.

Prefira cabideiros feitos de alumínio, eles evitam que peça ceda ao peso dos cabides e fique curva com o passar do tempo, efeito conhecido como flambar ou criar barriga.

No caso das portas, além de demandar cerca de cinco centímetros a mais de profundidade para a instalação dos trilhos, uma porta de correr costuma ser equivalente a duas de abrir, o que possibilita a instalação de espelhos maiores, por exemplo, quando a opção de acabamento for esta.

Na hora de determinar o tamanho das gavetas, pode-se optar por peças com alturas diferentes: gavetas rasas para guardar roupas íntimas e mais profundas para roupas volumosas.

Para montar o gaveteiro é o consumidor tem três opções de corrediça: as metálicas, que são as mais comuns e baratas do mercado, mas são o modelo que causa mais ruído e não permite a abertura completa da gaveta. As corrediças com amortecimento, que são as mais caras, mas evitam ruídos quando a gaveta é aberta ou fechada. O tipo intermediário são as corrediças telescópicas. Elas causam menos ruídos do que as metálicas e permitem que a gaveta seja aberta completamente.

(Fonte: Bbel estilo de Vida)

  • Imprimir

Notícias relacionadas

Quartos lúdicos ajudam crianças a superar medos

Móveis divertidos e interativos são bons aliados da decoração para ... Leia mais >


Cinco maneiras de criar uma decoração descontraída em casa

Seguir regras e tendências à risca nem sempre garante uma decoração... Leia mais >


Inspire-se na decoração usada no filme 'Simplesmente Complicado'

A dica de cinema e de decoração de hoje é: Simplesmente Complicado!... Leia mais >


Conheça os maiores erros no projeto do quarto do bebê

Evitar totalmente o uso de cores fortes e entulhar o ambiente com m... Leia mais >


Cores podem transmitir diferentes sensações dentro de casa

Na hora de escolher a tinta da parede, lembre-se que as tonalidades... Leia mais >