Notícias >> Imóvel

Veja as diferenças entre homens e mulheres na hora de comprar um imóvel

16 de jul de 2013 | Por: Seu Lar Aqui

Na hora de escolher um imóvel usado, seja para comprar ou alugar, os homens e as mulheres apresentam exigências diferentes quanto às condições da propriedade. Uma pesquisa realizada pela imobiliária Lello mostra que as mulheres são bastante detalhistas e pensam o tempo todo na praticidade e funcionalidade do imóvel.

Segundo a diretora comercial da empresa, Roseli Hernandes, os compradores do sexo feminino se atentam sobre a qualidade do imóvel e se de fato a unidade atende às necessidades da sua família. “A mulher não vai olhar apenas se a cozinha tem armários planejados. Ela vai ver se os móveis e os espaços comportam aquilo que ela tem”, afirma.

Isso acontece porque boa parte das mulheres está mais próxima das tarefas domésticas e, portanto, serão muito mais criteriosas. Além de darem mais valor à beleza do imóvel.

Por outro lado, os homens tendem a dar mais atenção aos aspectos financeiros, status e
segurança. “Eles não dão tanta importância aos detalhes. Consideram, sobretudo, se a
aquisição é um bom investimento, se haverá retorno financeiro à frente e se a região se
valorizou”, explica Roseli. Além disso, os homens avaliam a segurança do imóvel e a
vizinhança.
Veja as preferências de cada sexo na hora de escolher um imóvel:

Infomoney

  • Imprimir

Notícias relacionadas

Como decidir entre comprar imóvel à vista ou financiado

Ainda que já tenham sido bem mais altos, os juros no Brasil ainda p... Leia mais >


Como deixar o financiamento do seu imóvel mais leve ou curto

Entrar em um financiamento imobiliário longo – de 20, 30 anos... Leia mais >


Saiba o que fazer caso a entrega do imóvel esteja atrasada

Nos primeiros três meses deste ano, mais de 1.474 consumidores regi... Leia mais >


Aluguel no Litoral para feriado de 7 de setembro está até 52,53% mais barato

Quem pensa em viajar para o litoral paulista no próximo feriado de ... Leia mais >


Imóvel na planta esconde taxas abusivas, mostra pesquisa

 Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumid... Leia mais >